Pavlova de Frutas vermelhas

 

A Pavlova é uma sobremesa australiana/ neozelandesa em forma de bolo cuja  base é feita de  disco grande e espesso de merengue o e meio se parece com um marshmallow  . É crocante por fora e macio por dentro, sendo por vezes decorado com frutas em cima. Seu nome homenageia o esvoaçante tutu da bailarina russa, Ana Pavlova.

Ingredientes:
4 claras
16 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro (4 colheres para cada clara)
1 colher (chá) de vinagre de vinho branco
2 colheres (chá) de amido de milho

1 colher de chá de extrato de baunilha
300 ml de creme de leite fresco
2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro

500 g de frutas vermelhas frescas, variadas (morangos, amoras, framboesas, mirtilos, etc)

Modo de Preparar:
Preaqueça o forno a 180ºC.  Em uma batedeira, bata as claras em neve até que fiquem bem firmes, adicione o açúcar, pouco a pouco, e misture bem para que se incorpore. Continue batendo por mais 4 minutos. Adicione o vinagre e o amido e bata mais 1 minuto.
Forre um tabuleiro com papel vegetal. Com a ajuda de um prato grande, desenhe um círculo no papel e sobre o círculo disponha a mistura de claras de modo a formar um disco (se desejar use o saco de confeiteiro em movimentos de espiral).
Leve a forno quente. Assim que colocar o tabuleiro no forno regule-o para 150º, e deixe cozinhar cerca de 30 minutos. Desligue o forno e deixe a mistura de claras dentro. Retire apenas quando estiver bem fria.
Passe a Pavlova para o prato de servir, invertendo-a sobre o prato.
Bata o creme de leite com o açúcar e a baunilha até o ponto de chantilly e coloque-o sobre a base de claras.
Decore com as frutas vermelhas, previamente lavadas e secas, e se quiser, peneire uma nuvem suave de açúcar de confeiteiro na hora de servir.
Esta sobremesa deve ser montada no dia de servir, não pode ser feita de véspera.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *